DeMaria Softare
Softwares para cartórios

NUCLEO-BR em Brasília em reunião sobre o SIRC

Data de Publicação: 03 maio 2011

Projeto envolvendo a transmissão de dados dos cartórios de Registro Civil ao Governo Federal finaliza módulo de nascimento e dá início à remessa de óbitos.

Brasília (DF) – Na última quinta-feira (28.04) o Núcleo das Empresas Desenvolvedoras de Softwares para Cartórios (Núcleo-BR) esteve em Brasília (DF) participando de mais uma reunião de trabalho do Sistema Integrado do Registro Civil (SIRC), que envolveu, via videoconferência, a participação de técnicos desenvolvedores no Rio de Janeiro e Florianópolis, além de representantes dos ministérios da Justiça, Planejamento, Saúde, Previdência Social, da Secretaria de Direitos Humanos, Arpen-Brasil e INSS.

A entidade, que esteve representada pelo diretor Marcos Petrônio Barbosa, da Argon Informática, participou ativamente dos debates, que trataram principalmente da avaliação do atual estágio das transmissões de informações do módulo de registros de nascimento e debates em torno dos campos no sistema de comunicações dos registros de óbito dos cartórios para o Governo Federal.


Marcos Petronio, que representou o NUCLEO-BR

Para o diretor do Núcleo-BR o fato da entidade ter sido convidada a fazer parte dos debates que definirão o formato do projeto governamental é uma importante demonstração de reconhecimento ao trabalho das empresas desenvolvedoras de softwares. “Nós estamos presentes em todos os cartórios, conhecemos o estágio de evolução de sistemas de cada um deles, e podemos auxiliar na construção de um modelo que facilite o trabalho de nossos clientes na remessa destas informações”, disse Marcos.

No encontro definiu-se a elaboração de um termo de adesão para ser enviado aos 44 cartórios que fazem parte do projeto piloto, onde estes comprometam-se em enviar os dados de testes, definindo-se como o dia 9 de maio a data para recebimento do primeiro lote de informações dos registros de nascimento.

Também foram apresentadas as correções realizadas no módulo de cargas, para a transmissão de dados, e debatida a inclusão do natimorto na remessa de óbitos. Uma próxima reunião, a ser realizada nesta quarta-feira (04.05) debaterá detalhadamente os campos que constarão do módulo de óbito do SIRC.

Fonte: NUCLEO-BR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.